Palavra do Cliente

Comprei a minha monografia que foi apresentada como um trabalho de pré-requisito para a conclusão do curso de graduação. Ao apresentar a minha monografia pronta, fui aprovado, graças ao excelênte trabalho e profissionalismo do pessoal da ClickMonografias, recomendo a aquisição das monografias prontas, são ótimos TCC.

CLIENTE - Daniel Milhomem

NOTÍCIAS E ARTIGOS

A IMPORTÂNCIA DA MONOGRAFIA PRONTA PARA O ALUNO

Antes de tudo, a monografia é uma forma do aluno versar com individualidade, criatividade e criticidade sobre um tema que ele tenha se identificado ao longo do curso universitário.

Em outros aspectos, é importante que a monografia seja um preparo para o início da vida acadêmica e profissional ao passo que a banca averigúe o potencial do aluno o qual é submetido nesse processo.

A importância da monografia e do início do processo da monografia é direcionar o discernimento do aluno na escolha do orientador do seu trabalho de monografia. Parece um passo pouco importante, mas o detalhe parte da visão do aluno em escolher trabalhar com o professor que tem um bom conhecimento em sua área de interesse.

Outro fator que pode gerar ansiedade e fazer com que o aluno-pesquisador se antecipe ao longo da sua pesquisa é a apresentação da sua monografia para a banca. A sua apresentação é decisiva, preocupa, no entanto, faz o aluno refletir no tema escolhido, o porquê da escolha, a solução científica que ele daria para o problema. Após essa última etapa, a sugestão dos orientadores traz amadurecimento e preparo.

Selecionar bem a bibliográfica que o auxiliará na pesquisa da monografia e no plano de projeto da monografia é também lidar com as delimitações e pressupostos teóricos científicos. O aluno deve apresentar ao orientador a sua seleção e utilizar adequadamente o material escolhido.

Saber utilizar a língua materna é fundamental. Contudo, o aluno jamais deve subestimar as aulas de método. Nelas, algumas expressões e a forma como se migra da linguagem formal para a linguagem científica são abordadas em termos e expressões e com o trabalho de leiturização sobre a ciência.

Em relação ao estudo da ciência indica-se aqui o livro: “Discurso sobre a ciência”, do Boaventura. O livro não é fácil de encontrar, mas consta em diversas bibliografias da Metodologia Científica.

Ter a facilidade de expor a sua pesquisa de forma significativa e coma terminologia especializada enquadrada no linguajar científico é de esmero e importância diante da banca e para o amadurecimento do aluno.

Estimular a capacitação mediante a escrita de um projeto de monografia após o esboço do projeto também é importante. Isso demonstra que o aluno está sendo preparado e se preparando para a escrita monográfica de forma a mencionar o que deseja aprofundar na sua pesquisa.

O importante, do ponto de vista psicológico, é despertar o interesse para a pesquisa do tema. Apenas sugerir metas e estabelecer prazos pode conduzir o aluno à procrastinação e entrega do trabalho atrasado, sem a possibilidade de uma correção e leitura mais atenciosa por parte do orientador. Adiar a pesquisa não é a melhor forma de lidar com ela.

Trocar temas com os demais colegas, como se estivessem participando de um colóquio interno também é uma boa iniciativa. Conversando com quem também apresentará o material e o projeto de pesquisa para dar início à escrita monográfica é de grande valia. Desta forma, trocando temas e abordagens, os alunos estarão tendo a visão da cientificidade, estarão preparando-se para a banca e aprendendo, com os demais temas, a delimitar a sua pesquisa.

Como o étimo da palavra aponta, monografia é uma escrita individual. Não há idéias idênticas e sim idéias compatíveis. Portanto, a escrita monográfica não deveria ser realizada em dupla para facilitar os caminhos da orientação e da correção. A escrita monográfica deve ser uma reflexão e um exercício de criticidade individual.

Há obrigatoriedade do aluno desenvolver a sua monografia no final de curso, no entanto deve ser a escrita livre de amarras e correções severas, desestimulando o desenvolvimento básico da escrita do orientado. Obrigatoridade por obrigatoridade o aluno está ciente (e nós, professores, esperamos verdadeiramente por isso!) de suas tarefas.

Se há discussão a respeito do tema escolhido no esboço da monografia necessariamente deve haver uma definição clara e objetiva quanto ao que se pretende realizar. Essa primeira etapa não pode ser deixada de lado.

O aluno deve se conscientizar além de outras coisas, da importância do seu desenvolvimento na pesquisa monografia para o seu futuro acadêmico e profissional, jamais deixando de lado esses dois campos. As suas idéias podem desenvolver grandes projetos tecnológicos, sociais e científicos de um modo geral.

O aluno também deve ler, constantemente, desde o início do seu curso artigos científicos, modalidades já especificadas nesta seção. A leitura de artigos científicos promove a capacidade de captar o que o aluno pensa e deseja obter de importante para a sua pesquisa, sem desconsiderar o seu objetivo.

Doloroso ou não, o aluno deve se adaptar aos rigores e comportamentos e posturas de um pesquisador científico no que diz respeito à metodologia e à forma como irá desenvolver e expor o seu trabalho.

Mais um lembrete: introdução e conclusão não começam e terminam o trabalho monográfico para dizer que tem “algo no meio”. Falaremos em outros textos aqui da importância de ambos, mas ....CUIDADO com o que vai introduzir e concluir. Essas funções no seu trabalho, se foram relapsas, podem descaracterizar o desenvolvimento....

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

MARCONI, Marina de Andrade & LAKATOS, Eva Maria. Técnicas de Pesquisa. São Paulo: Atlas, 2000 (exemplar do professor).