ClickMonografias

A realização do sumário da monografia deve constar de modo obrigatório à estruturar uma sequencia dos cápitulos, títulos e subtitulos da monografia pronta. O sumário da monografia pronta deve apontar toda sedentação do trabalho acadêmico.

Monografias Prontas

NOTÍCIAS E ARTIGOS

COMECE PELO SUMÁRIO!

Há controvérsias. Mas comece pelo sumário. Este não precisa ser o sumário de apresentação definitiva. Ele apenas foi construído com base no seu “esboço da monografia”, um mapeamento das idéias que lhe vêm à tona para o desenvolvimento.

Quando se escreve a monografia, partes dos textos tais como a INTRODUÇÃO devem ficar por último. Já li que grandes escritores, simplesmente escrevem, e, por último vem o título. Isso não dispensa um planejamento monográfico necessário nem ao menos isenta o exercício de pensar e refletir sobre o que se irá escrever.

A verdade é que para se escrever a monografia é melhor começar pelo desenvolvimento. Este com a variância de apresentação dos capítulos que foram definidos no sumário “digamos não definitivo”.

Ao se escrever o sumário que chamaremos de “sumário não definitivo' o primeiro passo é se guiar pelo que pesquisou, coletou e leu. As referências estão disponíveis para que você, pesquisador, defina o caminho o qual será exposto no sumário não definitivo.

O título sairá da definição inicial do tema, ou seja, ele resumirá o tema. Em seguida, você irá destrinchar como dizem, os tópicos centrais que formarão o sumário não definitivo, para dar início à elaboração do texto.

O sumário não definitivo guardará as hipóteses e os caminhos na medida em que você avança com o trabalho. É interessante priorizar O QUÊ você definirá como sumário provisório por duas grandes razões:

- Pensar o tema é fácil; todavia o que pensa pode ser difícil ou abstrato para passar para o papel. E você se perde no texto. Quem apontará as setas desse desenvolvimento.

- O grande martírio para um assessor acadêmico é ouvir a seguinte frase: “ Apresento no final do mês e ainda não sei o que quero escrever ”. É como um paciente chegando no consultório e dizendo: estou vomitando, colocando sangue pelas narinas, meus lábios estão inchados, tonteira e....quero o diagnóstico. Cadê as suas idéias? Clareza e definição no que deseja escrever sempre! Quanto mais observações no sumário você apresentar, melhor será o desenvolvimento.

Escrever é prazeroso quando se torna tarefa clara. Definir um sumário é colocar metas sobre o que deseja apresentar. Determine, em linhas provisórias, os capítulos. Nem sempre as idéias correrão para o mesmo mar. A imagem a qual se pode aproveitar aqui são os afluentes: todos eles deve correr para o rio principal e não o inverso.

Na redação provisória o aluno deve ter o título e o sumário definidos. Esqueça a idéia de que é obrigatoriedade da introdução introduzir o trabalho. De fato o é, mas apenas na apresentação final do seu texto monográfico.

Após a definição do sumário provisório o aluno terá um bom desenvolvimento da monografia e poderá lapidar o seu diamante textual com gosto e esmero.

Para que o sumário possa responder às suas expectativas, siga as orientações de Martins (2000):

• Escolha o tema-problema da pesquisa

• Consulte várias referências

• Leia muito e várias vezes o material coletado

• Selecione uma referência básica para o seu trabalho

• Crie arquivos para cada parte do texto criado (fichamentos e outras documentações)

• Faça anotações pertinentes à cada leitura

• Registre tudo o que lê e que pode ou não ser aproveitador.

• Crie uma arquivo provisório para cada capítulo.

• Amarre tudo o que leu e faça com que cada sumário complemente o outro.

• Redija, aos poucos a sua conclusão a respeito de cada leitura, nem que ela esteja resumida em apenas um parágrafo.

• Faça a redação final de tudo isso.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

MARTINS, GA & LINTZ, A. Guia para a elaboração de monografias e trabalhos de conclusão de curso. Editora Atlas, 2000 (exemplar do professor)