Palavra do Cliente

Fazer uma monografia estava tão complicado, então resolvi contratar a ClickMonografias, nossa pareceu tudo tão simples e obtivemos sucesso, fui aprovada.

CLIENTE - Claúdio Vital

NOTÍCIAS E ARTIGOS

A ClickMonografias é hoje o maior centro de orientação acadêmica do mundo e consequentemente possuímos o maior acervo de monografias prontas, dissertações de mestrado e teses de doutorado, dentre outros trabalhos prontos.

COMO FAZER UMA MONOGRAFIA NA PRÁTICA?

Para iniciar a escrita monografia após o esboço da pesquisa, é necessário ordenar os elementos pré-textuais, textuais e pós-textuais que serão explicados e exemplificados a seguir:

• ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS

- Capa: é a folha de indicação externa no documento. Contém elementos que dão os dados principais do trabalho monográfico, tais como: o nome da instituição, nome completo do autor, título de acordo com a temática a qual fora pesquisada, loca (cidade) e a data em que a monografia foi defendida. O importante aqui é o jogo entra a caixa alta e a normal para dar estética ideal primeira folha da pesquisa.

- Folha de rosto: é a folha de indicação que, segundo à legislação da ABNT, tem os elementos essenciais à identificação da monografia. Enquanto a capa é apenas proteção, a folha de rosto fornece informações mais detalhadas. Não contém numeração.

- Dedicatória: é uma folha opcional. Nela, o autor oferece a obra a algum afeto familiar. No conteúdo, o autor não deve se prolongar muito no texto da dedicatória; na estética deve expor o texto alinhado à direita.

- Epígrafe: sempre há um pensamento, uma citação escolhida pelo autor que dará o link para a temática da sua monografia. Deve estar entre aspas, mencionando o autor o qual se escolheu para ser o mote de seu trabalho e a disposição estética ao final da folha com o texto disposto à direito. Um banco de citações bem conhecido é o www.citador.pt .

- Agradecimentos: contextualmente, é a página opcional em que o autor oferece a sua monografia às instituições que o auxiliaram na pesquisa e a profissionais que participaram diretamente da pesquisa.

- Sumário: é a enumeração das partes da monografia, contendo todas as divisões, seções, partes, capítulos na ordem em que aparecem no trabalho. A banca sempre detecta pontos “falhos” no sumário. É uma apresentação importante para o seu trabalho. Um bom exemplo de sumário sugerido por Filho & Santos (2000, p. 98):

Introdução

Capítulo 1: A educação bancária

1.1. Origem do movimento

1.2. Características da educação

Capítulo 2: A educação bancária na Era Vargas

2.1. Processos do movimento

2.2. Acontecimentos da época

2.3. A política educacional do governo Vargas

Considerações finais

Referências bibliográficas

Anexos ou apêndices

- Folha de ficha catalográfica: são os dados complementares que darão a indicação da sua monografia para a instituição na qual ela fora produzida. Esteticamente, deve as informações devem estar contidas em um retângulo de 6cm X 13cm.

- A folha do examinador: É o espaço em que cita-se o nome do orientador e dos componentes da banca examinadora.

• DESENVOLVIMENTO

- Folha da justificativa, do tema, do problema e das hipóteses: Quando o projeto de pesquisa já fora apresentado e aprovado separa-se uma folha ou mais para a disposição da justificativa, tema, problema e hipóteses, ou seja, o seu projeto de pesquisa pode e deve ser aproveitado na monografia.

- Apresentação do tema: Esta folha tem as informações gerais a respeito da abordagem que você escolhera. É uma redação simples, de preferência sem citações e colocando de forma pessoal como foi a sua pesquisa.

- Desenvolvimento: É a parte principal de sua monografia. Aqui o pesquisador segue o sumário com a revisão de literatura abrindo itens (arejando o texto) e os subitens.

- Conclusão: É a redação final da pesquisa. Os resultados são obtidos de acordo com a proposta da apresentação.

- Referências bibliográficas: Relaciona todas as fontes utilizadas na composição do texto de forma direita ou indireta. Deve seguir uma normalização de citação a qual falaremos em outro artigo.

• ELEMENTOS PÓS-TEXTUAIS

Anexo – informações desenvolvidos pelo próprio autor ao longo da pesquisa. Pode ser um questionário, um formulário, perguntas de uma entrevista.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

FILHO, DP & SANTOS, J. A. Apresentação de trabalhos científicos: Monografia – TCC – Teses – Dissertações. São Paulo: Futura, 2000, 140 páginas. (exemplar do professor)

MARTINS, GA & LINTZ, A. Guia para a elaboração de monografias e trabalhos de conclusão de curso. São Paulo: Atlas, 2000 (exemplar do professor)